Jenkins e GitHub: Técnicas para fazer Continuous Delivery

By Marcos Diez

Talk Abstract

Como fazer um pull request no GitHub automaticamente preparar, compilar e rodar o código utilizando o Jenkins. Que plugins usar, que plugins fugir, quando usar Jenkins Pipeline em Groovy, como utilizar hooks do GitHub. Tudo isso sendo mostrando na prática, resultando em clientes e usuários felizes.

Talk Description

Imagine que simplesmente ao se criar um Pull Request no GitHub, automaticamente o Jenkins receba seja avisado. Com isso ele pode imediatamente verificar, preparar, compilar e por no ar uma versão do seu aplicativo. Se o código estiver com problemas, o programador pode ser avisado imediatamente, sem que nenhum outro humano participe do processo. Se estiver tudo OK, a equipe de QA pode ser avisada e começar a testar imediatamente. No fundo, o processo todo é simples, porém meus anos de experiência no assunto vão poupar muitas surpresas, frustrações e dores de cabeça construindo tal processo. Que plugins do Jenkins usar, quais dever ser evitados, o que é Jenkins Pipeline, as diferenças da versão Declarativa e da versão Script, dicas de Groovy. Enfim, o caminho das pedras para um processo eficiente e funcional.

Notes

Sou formado em ciência da computação pela Universidade de São Paulo, tenho experiência no mercado internacional e já fiz implementações similares a que vou apresentar em diversas empresas, inclusive na Suíça e nos Estados Unidos. Atualmente sou Senior DevOps em uma empresa de consultoria norte americana e tenho orgulho de dizer o quão feliz são meus usuários, pelo cuidado e detalhe que eu tenho na implementação de cada etapa do processo.